She

        Ela costumava começar o dia tirando uma remela no olho, fazendo uma careta no espelho embutido pra não perder o jeito, e se virar no meio da bagunça. Nunca costumou traçar o dia, ou ter uma perspectiva de que projetos faria até o fim do ano, fazia o que dava na telha, não se assustava com o passar do tempo, compraria uma passagem de ida pra china, sem saber o que esperar sabe, não fazer questão de saber, mudar de caminho, mudar de amigos, mudar a rotina. Ela fumaria um cigarro por diversão, mesmo sabendo que faz mal, tiraria cachorro da rua num dia de chuva, mesmo sabendo que seus pais iam soltar ele na mesma hora. O que aconteceu com ela...E quem sou eu agora?

Sonhos e rotina...

Como provavelmente ninguém sabe, eu já postei aqui no blog algumas fotos que bati. Sim, eu gosto muito de fotografar, e a minha máquina é semi-pro, porém, tem aparencia de compacta. É bem complicado passar por isso, e mais complicado ainda comprar uma máquina profissional com 16 anos. Sem crediário, sem cartão, sem muito dinheiro. Eu ajudo num salão, mas o dinheiro ainda não da, são 1.700 reais...E não da pra fazer ensaios e cobrar caro ainda, sou imatura com preços e tenho muito a aprender. Eu não to aqui predindo ajuda, to só desabafando, uso o blog pra isso mesmo... :)
A covardia faz parte de algumas pessoas!

é só mais um desabafo.

     Não é reflexão, só eu botando pra fora, o que me machuca. São meus pensamentos que me machucam, eu fico pensando coisas ruins, como se eu fosse a pior pessoa do mundo, pensando se as pessoas seriam melhores, ou mais felizes sem mim. Meu coração dói o tempo todo, e eu choro quase sempre, quase o tempo todo. E esse choro dói. Não é uma carta de suicídio, mas eu leio como se fosse. Quase sempre me pego aos prantos porque eu me estressei, porque feri alguém com palavras, ou porque penso que não faria falta, eu sei que é ilusão, e que me machuco muito por isso, mas é inevitável.Será que as pessoas sentem meu amor por elas? Meu apoio? O que eu sou na vida de quem eu amo? "É tempo de se fazer as grandes perguntas"

Boa noite

   Só queria um beijo de boa noite, outro no pescoço, pra os bons sonhos. Queria você aqui do meu lado o tempo todo, pra eu dormir sorrindo e acordar feliz. E ter certeza, de que você sente a mesma saudade que eu sinto.

Já pensou se pode ser carência?


Eu posso até julgar errado...Mas parece ser. A necessidade de ganhar elogios, comentários e até críticas ruins postando imagens, frases aleatórias, o tempo todo, sobre tudo. Sobre a aula chata, sobre o cabelo legal, sobre o mau hálito do Cicrano...Não sou a senhora madura que nunca fez isso, justamente por não fazer mais isso, que eu digo, que pode ser carência, e que você não precisa sair mostrando tudo o que acontece com você por aí, a vida vai ter sentido sim mesmo você não postando no twitter sobre o quão legal está a festa que você está...Na real acaba ficando chato, seus amigos querendo conversar e rir, e você escrevendo sobre a pseudo-animação do lugar...Tente conversar com mais pessoas, ter mais amigos reais do que virtuais, ser menos falsa, ser franca, as pessoas vão conhecer e adorar a sua personalidade, não uma página com informação suas...Pode ser carência, já foi jeito de escapar do mundo, mas passou a ser uma maneira de se expor a uma vitrine...Como uma carne jogada aos leões...

well

   Essa é a época -uma delas- em que eu fico fora por alguns dias. Não é nada com o blog, nem castigo, é que começa a escola, eu fico o dia inteiro, tem tudo isso. E também gostaria de pedir, que comentassem, ou compartilhassem, essas coisas, pra que eu possa saber, se estão gostando ou não, críticas são bem vindas, sugestões -thatthings- e por falta disso, eu ando desanimada, só isso, não entendam mal, e a escola só começou e já está me matando, kk. Enfim dia 10 começa a minha amiga Natália BN aqui no blog, ela vai fazer tutoriais de maquiagem, e eu espero que gostem, e até lá, eu não sei se postarei ideias, tudo pode acontecer, inclusive nada.
    well, beijos e até mais.

Estágio, vestibular, TCC...E agora?


       
                Pra quem é IFsofredor sabe que segundo ano, é sinal de que tem que estudar mais, e se ligar no estágio ou TCC, pra não ver o tempo passar de mãos abanando. O ensino médio do IF é integrado ao técnico, e pra concluí-lo, tem um estágio ou um TCC assustador.
               Como é? No estágio você põe em prática, o que aprendeu no técnico, com um objetivo, e um relatório, contando o que você fez nesse estágio. O TCC (trabalho de conclusão de curso) seria esse relatório mais detalhado -bem mais- e mais científico.
              Mas o que isso tem a ver comigo se estou no 2° ano? Bem, quanto antes começar, melhor, pra não ter que correr atrás do prejuízo no fim do 3° ano. Pode começar o estágio no segundo semestre do 2° ano, e concluir no primeiro semestre do 3° ano, assim você fica sem uma pilha de coisas pra pensar, e pode pensar calmamente em faculdade, vestibular, ENEM, formatura.
            Duas dicas pra quem é calouro no IFC: Não arranque os cabelos se você era um aluno nota 10 e sua média baixou pra 7, é normal, são mais matérias, o dia inteiro é cansativo. E pra quem adora uma bagunça, é bom ficar atento, porque eu aposto que é muito melhor passar de ano tranquilo, do que passar um perrengue no fim do ano.

                            E sejam bem vindos calouros IFsofredores!    

Tachinhas são só pra roqueiros?



  No meu ponto de vista, não. Nem pensar. Eu usaria em qualquer acessório fofo, pra dar aquele ar de descolado, mas sem deixar de ser fofo!






E aí? Gostaram?


Fofuras de domingo

weeeeeeeee, é meu aniversário, mas não tenho folga, kkk. Parabéns pra mim!












Bom domingo pra vocês, e um ótimo pra mim, haha :)